O Catarinense Luiz Neto é o melhor entre os amadores no primeiro dia de disputas do Oi Skate Total Urbe Open 

 

Os oito mais bem colocados nesta fase garantiram vaga no Round 3, que acontece nesta quinta-feira (27.4), já com a presença de profissionais. Treinos começam às 10h, na Praça Duó, Barra da Tijuca (RJ)

Suor, emoção e muito empenho nas manobras. Nesta quarta-feira, 26/04, na Praça Duó, Barra da Tijuca, foi dado início às competições do Oi Skate Total Urbe Open (Oi STU Open), maior mundial de skate da América Latina. E foi dia de os competidores amadores se entregarem na pista em busca das oito vagas no Round 3 do torneio, que acontece nesta quinta-feira, 27, e já contará com skatistas profissionais pré-classificados. Ao final das duas baterias de estreia, Luiz Neto, de Florianópolis (SC), foi o grande vencedor, seguido por Tiago Picomano (Belo Horizonte-MG) e Victor Bob (Recife-PE).

Tiago Picomano - Cabalerial boardslide

A competição rendeu pontos para o ranking brasileiro amador. O dia de disputas começou com o Round 1, que contou com 12 baterias de seis skatistas. Do total de 12 vagas para o Round 2, três eram destinadas a atletas de fora. Os nove melhores brasileiros e os três melhores estrangeiros classificados, então, avançaram ao Round 2, no qual competiram com os 12 melhores amadores pré-classificados nas seletivas estaduais. Foi ao final deste segundo round, de quatro baterias com seis participantes, que Luiz Neto garantiu a melhor pontuação.

Luiz Neto - 360 flip boardslide

“Não esperava esse resultado. É uma felicidade imensa. É mais legal ainda assim, quando você não espera que vai acontecer. Muito grato por estar aqui e conquistar o respeito de todos. A expectativa daqui pra frente é a mesma: andar de skate com os amigos e me divertir”, comentou o vencedor, que se classificou em oitavo no Round 1 e detonou no segundo round.

Luiz Neto - Bs boardslide

Victor Bob - Fs noseslide

As disputas do Oi STU acontecem em formato de Jam Session Ordenada, onde os competidores se alternam na pista em ordem pré-determinada. Cada competidor poderá tentar uma manobra por vez e, acertando ou errando, deve esperar todos os outros competidores tentarem suas manobras para poder tentar sua segunda manobra e assim por diante. A classificação final é determinada de acordo com a pontuação obtida pelo atleta no somatório geral das baterias de cada round.

Parte da comissão técnica do evento

“Esse é um formato dinâmico e moderno, que vem sendo usado pela World Cup Skateboarding (WCS) já há algum tempo e que se assemelha às sessões do dia a dia do skatista, onde um determinado skatista tenta uma manobra e, na sequência, cede o lugar para que um amigo tente sua manobra. Ou seja, esse formato acaba aproximando a competição da prática diária do esporte. Isso gera um dinamismo para o evento, pois agiliza as sessões e dá oportunidade para que mais skatistas participem em um mesmo cronograma de disputa”, analisa Ed Scander, vice-presidente da Confederação Brasileira de Skate (CBSk).

Lucas Alves - Flip fs rockslide - Foto: Julio Tio Verde - FASERJ

 

Resultados desta quarta-feira

 

Round 1

Lucas Rabelo - 85.00

Lucas Alves - 83.00

Vinicius Costa - 82.67

Anderson Resende - 76.67

João Victor Formiguinha - 76.63

Yuri Facchini - 76.00

Matheus de Souza - 75.33

Luiz Neto - 75.33

Tiago Picomano - 75.00

Kaio Cravalho - 72.33

Talles Silva - 72.33

Arthur Molon Silveira - 70.33

Juan Ignacio Menicucci (ARG) - 69.67

Adrian Sayan Monteverde (PER) - 59.33

Joel de Castro - 58.00

Lucas Rabelo - Bs noseblunt

Round 2

Luiz Neto - 81.33

Tiago Picomano -78.33

Victor Bob - 78.33

Lucas Alves - 78.00

Matheus de Souza - 76.00

João Victor Formiguinha - 75.33

Anderson Resende - 74.67

Lucas Rabelo - 73.67

Matheus de Souza - Fs ollie to ss crooked

João Vitor Formiguinha - Flip fs rock

Anderson Resende - Bs tailslide

Resultados completos em www.stuopen.com

Entenda como funciona o Oi STU Open

No Open Masculino, 176 skatistas competem, sendo 104 profissionais (78 brasileiros e 26 estrangeiros) e 72 amadores (54 brasileiros e 18 estrangeiros). No feminino, serão 28 as competidoras, sendo 19 do Brasil e nove de fora. Além disso, o Comitê Técnico Organizador (CTO) ofereceu 20 Wild Cards: 16 para o Open Masculino e quatro para o Feminino.

Oi Skate Total Urbe Open 

As etapas do Open Masculino são organizadas da seguinte forma. O Round 1 classificou 12 amadores para o Round 2. No Round 2, os 24 classificados (12 do Round 1 + 12 pré-classificados nas seletivas estaduais) se enfrentaram por oito vagas na fase seguinte. No Round 3, os oito amadores classificados no Round 2 se juntam aos competidores profissionais (brasileiros e estrangeiros) previamente inscritos. Classificam-se os 30 melhores resultados para o Round 4.

No Round 4, os 30 classificados se juntam aos 10 pré-classificados com Bronze Wild Cards em busca de 16 vagas. Já no Round 5, os 16 mais bem colocados no Round 4 se juntam aos outros 16 profissionais convidados pelo Comitê Organizador (Silver e Golden Wild Cards), entre eles, nomes como Kelvin Hoefler, Luan Oliveira, Dave Bachinsky. Destes 32 competidores, 16 passam à semifinal, e, em seguida, oito avançam à final. No Open Feminino, 32 skatistas disputam o Round 1, e as oito melhores seguem para a grande decisão.

Vale lembrar que a competição tem a maior premiação já vista em um campeonato de skate na América Latina, num total de R$ 400 mil. O torneio é chancelado pela International Skateboard Federation (ISF), a World Cup Skateboarding (WCS), a Confederação Brasileira de Skate (CBSk) e a Federação de Skateboard do Estado do Rio de Janeiro (Faserj), e soma pontos para o ranking da WCS. Vale lembrar que o skate será esporte olímpico a partir de Tóquio 2020, e o street uma das duas modalidades presentes nos Jogos.

O Oi STU Open, etapa do Circuito Mundial de Street 2017, é apresentado pela Oi, viabilizado pela Secretaria de Estado de Esporte, Lazer e Juventude (SEELJE), além de contar com o Windsor Hotéis como hospedagem oficial do evento. O torneio tem coordenação técnica da Confederação Brasileira de Skate (CBSK) e da Federação de Skateboard do Estado do Rio de Janeiro (Faserj), arquitetura pela Rio Ramp Design, curadoria artística da Homegrown e realização/idealização da Rio de Negócios.

Confira a programação de competição do Oi STU Open

 

Quinta, 27

9h - Vistoria CBSk / Faserj

10h às 13h - Credenciamento

10h às 14h - Treino dos competidores profissionais. Round 3 (seis baterias de 16 competidores + uma bateria de oito)

14h às 22h - Round 3 Open Masculino (13 baterias de oito competidores)

 

Sexta, 28

9h - Vistoria CBSk / Faserj

10h às 13h - Credenciamento

10h às 13h - Treino Open Masculino Round 4 (cinco baterias de oito competidores)

13h às 14h - treino Open Feminino (duas baterias de 16 competidoras)

14h às 18h - Round 4 Open Masculino (cinco baterias de oito competidores)

18h às 19h - Treino profissionais pré-classificados (uma bateria de 16 competidores)

19h às 22h - Round 5 Open Masculino (quatro baterias de oito competidores)

 

Sábado, 29

9h - Vistoria CBSk / Faserj

10h às 14h - Credenciamento

10 às 11h30 - Treino Open Feminino (duas baterias de 16 competidoras)

11h30 às 13h - Treino Open Masculino Semifinal (duas baterias de oito competidores)

13h às 16h - Qualifying Open Feminino (quatro baterias de oito competidoras)

16h às 18h - semifinal Open Masculino (duas baterias de oito competidores)

 

Domingo

8h - Vistoria CBSk / Faserj

9h às 10h - Credenciamento

9h às 9h25 - Treino finalistas Open Feminino (uma bateria de oito competidoras)

9h30 às 9h55 - Treino finalistas Open Masculino (uma bateria de oito competidores)

10h Às 10h40 - Final Open Feminino (uma bateria de oito competidoras)

10h45 às 11h25 - Final Open Masculino (uma bateria de oito competidores)

11h30 às 12h - Cerimônia de premiação

 

Confira a programação completa das atrações do Oi STU Open

 

SHOWS

 

Sábado, 29/04, a partir das 17h

 

17h: DJ Tamenpi

19h: Marcelo D2 e Convidados

21h30: DJ Tamenpi

 

Domingo, 30/04, a partir das 15h

 

13h: Playlist Oi

15h: DJ Tamenpi

19h: Filipe Ret

20h30: Karol Conká

 

OFICINAS

 

27/04 (Quinta)

15h às 16h30: Mesa Redonda Expo Multigrab

17h às 18h30: Talk com Sesper

19h às 20h30: Talk com Rio Ramp Design

 

28/04 (Sexta)

13h às 15h: Oficina de Tipografia – Guga Liuzzi (a partir de 8 anos)

15h às 17h: Oficina de Grafitti com Marcelo Ment ( a partir de 8 anos)

17h às 18h30: Talk com Dj Tamenpi

19h às 20h30: Talk com Flavio Samelo e MOTTILLAA

 

29/04 (Sábado)

10h às 12h​: Oficina infantil – desenho com R. Villas (a partir de 3 anos)

13h às 15h​: Oficina de Ilustração com MOTILLAA (a partir de 6 anos)

15h às 17h​: Oficina de vídeos de skate com celular – Francisco Guimarães e Yan Felipe (a partir de 8 anos)

 

30/04 (Domingo)

10h às 11h​: Oficina SK8 no Bowl com Francisco Guimarães e Yan Felipe (a partir de 6 anos)

11h às 13h​: Grafitti para crianças com Guilherme Memi (a partir de 6 anos)

14h às 16h​: Grafitti e Stencil com Bruno Big (a partir de 8 anos)

16h às 18h: Aula prática de fotografia com Ronald Land na pista street (a partir de 8 anos)

 

STU Gallery (funcionamento das 10h às 22h)

 

• Arte:  Flavio Samelo (SP);  SESPER (SP) e Mottillaa (RJ)

• Fotografia - Ronaldo Land (RJ); Alex Carvalho (RJ); Clissa (RJ); Renne Jr. (RJ);  Carol Bertrand (RJ)

• Vídeo: Dalmo Roger fará a curadoria dos filmes que serão projetados e exibidos durante o evento

• Expo de Shapes: Multi Grab

 

A Oi e o esporte

A companhia tem longo histórico de apoio ao esporte, com patrocínios a grandes eventos, equipes e atletas de diferentes modalidades como basquete, surfe e skate. O incentivo da Oi a projetos esportivos é estratégico, pois reconhece a importância do esporte como ferramenta de interação entre as pessoas e as cidades, seja através da sua prática, ou por meio de manifestações culturais como o grafite e a música. A empresa acredita que o esporte e o incentivo à cultura urbana potencializam conexões e amplia repertórios, aproximando pessoas de diferentes tribos, exercendo um importante papel no processo de desenvolvimento individual e social.

Em 2015 e 2016, a Oi patrocinou o Oi Rio Pro, a etapa brasileira do Samsung Galaxy World Surf League Championship Tour (CT), o campeonato mundial de surfe. Além disso, patrocina os surfistas brasileiros de destaque na WSL: Gabriel Medina, Ítalo Ferreira, Filipe Toledo, Silvana Lima e Adriano de Souza, o Mineirinho, além do surfista Davizinho, de 11 anos, atual campeão mundial de surfe adaptado.

Recentemente, como parte do legado do patrocínio aos Jogos Cariocas de Verão de 2016, a Oi construiu pistas de skate em Manguinhos e São João da Barra e reformou o park de Campo Grande – aproveitando assim o grande potencial do esporte urbano para aproximar culturas e realidades, promovendo encontros e transformando espaços públicos.

Sobre a Rio de Negócios

A Rio de Negócios é uma empresa de projetos que atua nos setores da economia criativa. Ela pensa a cidade e suas interações a fim de entender as suas dinâmicas socioculturais e processar as demandas desse contexto. O objetivo é oferecer soluções únicas e experiências inovadoras para parceiros e público. O que motiva a Rio de Negócios é trabalhar por um novo patamar no desenvolvimento de projetos em cultura, esporte e entretenimento. A cidade em que vivemos é a principal fonte de inspiração da empresa.

Mais informações:

Facebook : www.facebook.com/oistuopen

Instagram: www.instagram.com/oistuopen

Site: www.stuopen.com

 

Media Guide

Camila Coimbra (camila.coimbra@mediaguide.com.br)

Diego Cunha (diego.cunha@mediaguide.com.br)

21.3724-1623          21.3724-8170